sábado, 20 de fevereiro de 2016

AMA-ME COM TERNURA



AMA-ME COM TERNURA
Eri Paiva
 
Neste nosso momento, nesta hora,
Dispensa-me a mais doce loucura...
Meus desejos dessedenta-os, agora,
Abraça-me! Ama-me com ternura!
 
Afaga e acaricia todo o meu corpo,
Que te reclama todo o teu carinho...
Sem ele o meu coração é morto...
Preciso dos teus braços feito ninho!
 
Aperta-me contra o teu peito assim,
Teus beijos em minha boca de carmim
Façam-me imersa em tua doçura...
 
Plena de ti meu amor quero ficar...
Desse momento não quero despertar.
Ama-me agora! Ama-me com ternura!
 
Natal/RN – Em 16. 06. 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário