segunda-feira, 8 de agosto de 2016

SEM VOCÊ




SEM VOCÊ
Eri Paiva

Certo dia, eu te olhei e me surpreendi
De, em tão pouco tempo, te querer...
Demoraste a perceber e eu...  a sentir
Crescer, em mim, a vontade de você!

Por algum tempo, em silêncio, guardei
A tua imagem, tua voz e o sorriso teu
Nesse rosto, que, em sonhos, acariciei
Cheia de desejos, só sabia Deus e eu!

Mas um dia tu me chegas dando sinais
E demonstrações de afeto e de carinho.
Meu coração se encheu de alegria e paz
E ouvi-o sussurrar já não estou sozinho!

Deixei-me envolver no teu bom humor,
Teus recados, alegravam-me qual criança
Mas fiquei a buscar onde estava o amor
Que alimentei receber com esperança ?!

Nada eu quis te cobrar, meu bem querer,
Mas há algo, sim que não posso abrir mão.
Sinto muito! É preferível ficar sem você,
Se não me podes ter... em teu coração!

Natal/RN/Brasil – Em 07. 08. 2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário