segunda-feira, 21 de março de 2016

EU SEM VOCÊ




EU SEM VOCÊ
Eri Paiva

Sem você, eu sou triste alvorecer,
Sou um céu de nuvem escurecida,
Sou, arisco caminho, sem você,
Sou, qual árvore seca... sem vida!

Eu, sem você, sou flor sem encanto,
Sem você, eu já não sei por onde ir.
Como criança carente de acalanto,
Órfã do seu amor, já não sei sorrir!
 
Uma ave de asa quebrada e doída
Numa gaiola dourada, presa e ferida...
Sem você, creia-me, é assim que sou!

Eu sou a canção que de mim desistiu,
Eu sou a poesia que não mais fluiu.
Sou, enfim, sequela do seu desamor!


Solânea/PB/Brasil - Em 28. 12. 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário